Já é bem sabido que investir em incentivos é dar um passo à frente da concorrência, pois os estímulos acendem o brio da motivação das pessoas envolvidas. Isso quer dizer: incentive e verá resultado, certo? Nem sempre… Pois o efeito depende principalmente do que é usado como premiação em campanhas de incentivo, além de outros fatores, claro, como: comunicação, agilidade, clareza, enfim, planejamento e execução. Mas, de fato, o sucesso da ação depende e muito do prêmio que é oferecido como incentivo – e este é o nosso assunto aqui nesse post!

 

E, AGORA, PERGUNTE A SI MESMO:

 

  • Que tipo de premiação você tem usado para motivar o público-alvo de suas campanhas?

 

  • Você conhece as pessoas, público-alvo de suas campanhas, a ponto de saber se esses prêmios realmente estão instigando-as a conquistarem suas metas?

 

  • Suas campanhas de incentivo têm atingido o resultado desejado?

 

 

 

A resposta para essas três reflexões irão lhe ajudar a encontrar o caminho das pedras… Porque, na verdade, essas perguntas compõem uma sondagem para um diagnóstico de suas ações de incentivo.

 

Então vamos começar a estudar esse seu diagnóstico de trás para frente, analisando primeiro os seus resultados. Você tem ficado satisfeito com o resultado de suas campanhas de incentivo? Bem, se parou para ler este post, eu posso arriscar dizer que sua resposta é ‘não’… Acertei? Mas, qual será a razão dessa ineficiência? Você pensa em algo maravilhoso, para lá de criativo, que você amaria receber como incentivo se fosse uma das pessoas do público-alvo da campanha… Mas, o fato é que você não é uma dessas pessoas, e não pode criar uma ação de incentivo pensando em você; se o objetivo é motivar o seu público-alvo, é nele que deve estar o seu foco e não no seu gosto e ‘achismo’… Portanto, a primeira lição é ‘sair do palco’ e iluminar a verdadeira estrela desse filme, que agora já sabe que não é você, não é mesmo?

 

  CONHECER PARA INCENTIVAR…

Mas, para incentivar alguém, antes de qualquer coisa, você precisa conhecer essa pessoa, saber de fato o que a instiga, o que a faz brilhar os olhos e querer fazer parte de uma determinada ação.

 

Escolher premiações que não irão despertar o desejo de seu público-alvo é puro desperdício de investimento. Pode até surtir algum efeito de início, mas não sobreviverá às dificuldades do caminho até o alcance da meta. Basta aparecer o primeiro obstáculo para desencadear a terrível dúvida do ‘será que vale a pena’? E isso acontece porque a verdadeira motivação é intrínseca, acontece de dentro para fora. Os estímulos externos são fundamentais, mas se apagam assim como a chama de uma vela com a primeira corrente de vento que se aproxima. Então, como deixar essa chama acesa? Conhecendo o que a alimenta!

 

  CONHEÇA SUAS PESSOAS E AJUDE-AS A SABER IDENTIFICAR O QUE AS INCENTIVA.

Possivelmente você já conhece ou ouviu falar da teoria desenvolvida por um psicólogo americano, Abraham Maslow (1908-1970), que ficou muito conhecida como a Pirâmide de Maslow, que mostra uma divisão hierárquica das necessidades de um indivíduo. A ideia defendida nessa pirâmide é começar a sua escalada de baixo até o topo, passando pelas necessidades de fisiologia, segurança, relacionamento, estima e, por fim, realização pessoal.

 

Tecnicamente, na medida em que se consegue ir satisfazendo essas hierarquias, chega-se mais perto da automotivação. E assim chegamos à virada da chave para resolver esse problema de não conseguir um bom resultado nas campanhas de incentivo. Como assim?!

 

Perceba que para manter as pessoas motivadas, apesar dos sopros externos de desestímulos, é preciso dar prêmios que promovam experiências pessoais. Cada indivíduo tem sua própria realidade, com necessidades e desejos diferentes. Então, como escolher uma premiação em campanhas de incentivo que agrade a todos? Focando nos segmentos da Pirâmide de Maslow e não apenas em produtos específicos. Pense: O que você pode oferecer que possibilite uma boa experiência pessoal para cada individualidade de sua equipe?

 

  DICA DE PREMIAÇÃO EM CAMPANHAS DE INCENTIVO

Com base nessa proposta, temos um modelo de premiação que dá muito resultado em nossas ações e queremos compartilhar com você, até para deixar mais claro todo esse conceito de premiar promovendo experiências focadas nos segmentos das necessidades e desejos pessoais.

 

A dica é oferecer algo que possa proporcionar vivências diferentes para cada individualidade, por exemplo: dê um vale-compras ao invés de dar um produto específico, pois cada um pode escolher o que comprar de acordo com seu gosto e necessidade; dê um vale-viagem ao invés de dar um pacote turístico definido, que pode não ser um lugar de interesse para alguns, e assim por diante. Assim, você garante a experiência, porém dá poder de decisão e flexibilidade para o ganhador.

 

E, agora, aproveite essa dica de um modelo de campanha de incentivo que já usamos em nossas histórias de sucesso e que vamos contar aqui só para você! Pode usar com sua equipe se quiser, tá? E depois conta aqui para gente o resultado. Vamos compartilhar as vivências!

 

O tema da campanha pode ser: “Qual o seu sonho?” Então, crie uma lista de premiações, com ofertas do tipo: uma reforma de casa (você pode definir um limite de valor), um kit esportes, um jantar romântico, um passaporte de cinema para família (pais e filhos) com direito a um vale-refeição em alguma lanchonete, um curso de férias de língua estrangeira, enfim, premiações que promovam experiência.  Produza formulários para que as pessoas preencham escolhendo na lista a premiação dos sonhos. Ao final da ação, quem for o destaque no requisito estabelecido na mecânica da campanha terá o seu sonho realizado, atendendo assim uma necessidade ou desejo dessa pessoa ganhadora e utilizando de forma adequada a premiação em campanhas de incentivo.

 

Uma boa opção é compor a lista de sonhos com a colaboração do próprio público alvo; para isso, você pode fazer uma sondagem anterior para captar sugestões de premiações que seriam um sonho… Experimente e nos conte depois! Quem sabe a sua história não se transforma em mais um post aqui no nosso blog?

 

E, se você gostou de nossa dica e deseja saber como elaborar uma campanha de incentivo de sucesso, leia o nosso ebook: ‘Campanha de Incentivo – Guia em 6 Passos’. 

ebook-campanha-de-incentivo-seis-passos